O Rodriguinho
Jornal da Escola Básica António Rodrigues Sampaio
Pesquisa

ARS vence Prémio António Sérgio 2017
Por Rodriguinho (Professora), em 2018/01/08300 leram | 1 comentários | 36 gostam
O nosso Agrupamento venceu o Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio, criado pela CASES que se destina a homenagear as pessoas singulares e coletivas que, em cada ano, mais se tenham distinguido no setor da Economia Social.
A categoria Trabalhos de Âmbito Escolar visa premiar trabalhos da comunidade escolar, ao nível do primeiro, segundo e terceiro ciclos do ensino básico, ensino secundário e profissional, que envolvam alunos e professores na vivência e difusão de teorias e práticas de Economia Social.
O Agrupamento concorreu com o Projeto “Meninos do Planeta da Luz” que resultou na publicação de uma obra constituída por dois volumes com o mesmo nome.
“Os Meninos do Planeta da Luz” é um livro feito por alunos para alunos. Quando nasceu, a ideia não era publica-lo, essa hipótese só surgiu depois do texto e ilustração estarem feitos.
Este livro surgiu baseado num dos pressupostos da Escola Inclusiva:
A inclusão, a igualdade e a convivência democrática, envolvendo os professores, os alunos, as famílias e a comunidade social em que a escola se insere.
Estes dois volumes reúnem as produções de pequenos autores. Para que as histórias possam ser lidas e compreendidas por todas as crianças com Currículo Específico Individual (CEI), os alunos, orientados pelos seus professores, redigiram textos simples, curtos e em letra maiúscula, acompanhados de SPC (Símbolos Pictográficos para a Comunicação). Estas histórias, como todas as histórias para crianças, transportam os leitores para a fantasia, mundos de princesas, de amigos, de respeito pelo outro. Mas, para os alunos do Agrupamento António Rodrigues Sampaio, algumas histórias são mesmo especiais. É que os protagonistas das suas criações são os colegas com CEI, que eles tiveram o cuidado de conhecer melhor.
Com este projeto, os alunos puderam desempenhar o papel de “agentes de mudança inclusivos” e contribuíram para enriquecer a biblioteca escolar, que, de acordo com a Rede de Bibliotecas Escolares e o projeto “Todos Juntos Podemos Ler”, o Plano Nacional de Leitura e a Direção de Serviços da Educação Especial e Apoios Socioeducativos, deve assegurar oportunidades de leitura para todos os alunos.
A publicação da coletânea “Meninos do Planeta Luz” é a prova de que se consegue ultrapassar os limites da sala de aula, e estimular nos alunos a consciência da integração e solidariedade entre os seus pares.
Os alunos, neste Agrupamento, não coexistem apenas nas turmas, mas acima de tudo, aprendem uns com os outros e a partir daqui são possíveis projetos como este, sustentado pelos professores, pelos pais e pela comunidade como rede de apoio.

Mais Imagens:

Comentários
Por Ângelo Capitão (Aluno, 6ºb), em 2018/01/17
Parabéns à escola.

Escreva o seu Comentário