A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

DIA MUNDIAL DO BRAILLE
Por Dulce Marques (Professora), em 2015/01/15357 leram | 0 comentários | 98 gostam
Comemora-se a 4 de Janeiro o Dia Mundial do Braille. A data assinala o nascimento de Louis Braille, o criador do sistema de leitura e escrita Braille.
Esta efeméride pretende chamar a atenção de todos nós para a problemática que afeta milhões de pessoas em todo o Mundo, e apelar a uma responsabilidade partilhada e solidária de nos envolvermos com os problemas dos cidadãos invisuais.
O braille é constituído por 64 sinais, gravados em relevo no papel, obtidos pela combinação sistemática de seis pontos que, na sua forma fundamental, se agrupam em duas filas verticais e justapostas de três pontos, à imagem de uma peça de dominó ao alto. Cada sinal ocupa apenas o campo tátil e pode ser identificado com rapidez, pois, pela sua forma, adapta-se exatamente à polpa do dedo.
Louis Braille, que ficou cegou aos 3 anos de idade, faleceu em Paris aos 43 anos de idade, em 1852. Foi professor e compositor. Escreveu livros para facilitar o ensino e elaborou com Foucault, o novo alfabeto para cegos, também aplicado à música, à estenografia e ao cálculo.
Este método modificou totalmente a educação das pessoas com esta limitação e facilitou as suas vidas permitindo-lhes a inclusão na sociedade. Hoje é usado como forma oficial de escrita e de leitura das pessoas cegas.
Em Portugal, destaca-se o papel do Núcleo para o Braille e Meios Complementares de Leitura, no âmbito do Instituto Nacional para a Reabilitação, I. P.
As imagens mostram alguns exemplos de materiais escritos em Braille.

Deixamos também aqui uma proposta de leitura para o mês de Janeiro: O Livro Negro das Cores.

Grupo de Educação Especial e SPO
 

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário